Leituras Online  

UMAS PALAVRAS À NOIVA DE CRISTO - EXORTAÇÃO

0 Comentáros
45
09 Nov 2020

SELADOS PELO ESPÍRITO SANTO PARA O DIA DA REDENÇÃO

Dr. William Soto Santiago

Domingo, 16 de Outubro de 2011

Cayey, Porto Rico

Agora, podemos ver que este é um tempo de todos os crentes em Cristo estarem unidos; de orar uns pelos outros; e de nos prepararmos para a Vinda do Senhor e para a ressurreição dos mortos e nossa transformação. Nunca deixar que nenhuma pessoa nos aparte de Cristo; que nenhuma pessoa faça algo que tire de nossa alma, de nosso coração, a Palavra de Cristo; que ninguém tire a Cristo de nossa alma. Recordem que o inimigo tratará de apartar aos crentes em Cristo do caminho de Cristo. E, para termos um quadro claro de como fará neste tempo, será: atacando a Igreja do Senhor Jesus Cristo, atacando aos líderes religiosos da Igreja do Senhor Jesus Cristo – aos ministros; aos ministros que têm - uns - o ministério de apóstolo ou missionário, outros o ministério de profetas, outros o ministério de pastor, outros o ministério de evangelista, outros o ministério de mestre – e assim por diante. Todos esses ministros serão atacados pelo inimigo de Deus neste tempo final.

Como farão isso? Recordem que: “Ferirei ao pastor, e as ovelhas se dispersarão.” É o que diz a Escritura. E foi o que se passou quando Cristo foi levado preso: Seus discípulos saíram fugindo; e estavam por três anos e meio com Cristo sendo ensinados. Assim que, haverá alguns que sentirão medo e se apartarão de Cristo ou deixarão de assistir aos cultos. Nunca faça isso!

Até mesmo Pedro, que dizia: “Não, eu nunca te deixarei! Eu estou disposto a morrer por ti!” Para que ninguém se louve a si mesmo, como Pedro se louvou, Cristo lhe diz: “Eu orei por ti para que tua fé não desfaleça. O diabo irá te cirandar.” E disse: “Antes que o galo cante (quantas vezes?) três vezes, terás me negado.” Ou: “Me negarás três vezes antes que o galo cante.”

E Pedro pensava que ele era o que mais amava a Cristo; que ele estava disposto a morrer por Cristo. Mas quando chegou o momento do aperto, então – quando já levaram a Cristo preso – e ele foi ao pátio lá onde estavam julgando a Cristo, e lhe dizem: “Tu és um deles! Tu és galileu! Falas como eles!” (Como Cristo e Seus discípulos.) E ele lhes disse: “Não conheço a esse homem!” E assim... E jurava! E depois, quando o galo cantou, chorou amargamente.

Saibam que Paulo disse: “Quem crê que está firme, cuide-se que não caia.” Firme-se mais em Cristo. E quando vir problemas se achegue mais a Cristo. E se orava uma hora, então ore duas horas ou três. Se orava somente à noite, ore pela manhã também; e ore ao meio-dia; mesmo que esteja em pé no trabalho. Ao almoçar também. Terminou de almoçar (depois de ter orado pela comida), depois dedique uns momentos para estar sozinho, orando em particular. Quer seja sentado ou como for. O importante é que o coração esteja em contato com Deus. Esteja louvando a Deus através de Cristo.

E, para que se cuidem, saibam que os apertos e as perseguições não vêm somente dos de fora. Vejam o que diz o reverendo William Branham aqui. Isto foi falado na Mensagem: “CRISTO É O MISTÉRIO DE DEUS REVELADO”, pregada em 28 de Julho de 1963. Diz:

“Sobretudo, amai-vos uns aos outros. Amai-vos uns aos outros! Não importa o que o diabo procure dizer.”

 Recordem: o diabo tratará de usar pessoas para dizer ou falar coisas más contra algum crente; de alguma pessoa ou de algum ministro.

“Por agora todos vocês são um grupo completo, doce e amoroso. Mas recordem minha advertência: Satanás não permitirá que fiquem assim. Não senhor! Ele disparará tudo. Ainda que tenha que trazer a alguém que lhe sirva de instrumento.”

Ou seja, ainda que tenha que trazer alguma pessoa no meio dos crentes para que tenha companheirismo com todos, e se passe como se fosse um de vocês, e comece a fazer e a falar coisas negativas; a colocar um veneno no coração e na mente das demais pessoas. Vamos ver:

“Ele trará a um crítico, a um incrédulo, e o porá para fazer com que tal pessoa tenha companheirismo com vocês em quietude.”

Será vista como uma pessoa espiritual que quer buscar a Deus, porém, é o diabo trazendo alguém, pondo alguém no meio dos crentes para depois usá-lo. Como para que veja tudo, investigue isto e aquilo, e busque faltas às demais pessoas; e depois comece a dizê-las, a falar, para causar dano a essa pessoa, à família da pessoa e a todas as pessoas da igreja.

“Então (diz) a encherá com algum veneno e começará a correr entre a igreja com isso (veem?). Mas você não vá tomar parte nisso.”

 Você não diga a ela: “Eu me uno a ti para respaldá-lo!” E começar um problema, para começar a difamar às demais pessoas, aos demais irmãos. Não.

“Não tenha nada a ver com nenhuma coisa que não seja a Palavra. Mantenham-se amorosos, amáveis e bondosos uns para com os outros.”

E, logicamente, orando uns pelos outros. Se tem algo a dizer (que vê mal em alguma pessoa), diga-o a Deus: “Olha, Senhor, vejo isto em meu irmão. Ajuda-o! Perdoa-o! E ajuda-o a sair do problema que tem. Ajuda-o em tudo.” É com Deus com quem tem que falar; e assim pode ajudá-lo.

“Ore por esse homem (ou seja, por esse homem ou mulher que vier a criticar)... Ore por esse homem (ou mulher); quem quer que seja. Só ore por eles. E permaneçam unidos. E fiquem ao lado de seu pastor. Vê você? Ele sendo seu pastor merece seu respeito. Ele os guiará, porque está ordenado por Deus para fazer isso.”

O pastor está ordenado para guiar a congregação; ordenado por Deus. Não deixe que um crítico, uma pessoa que venha pôr veneno no coração e na mente das pessoas, venha a te desviar. Deus ordenou ao pastor de cada congregação para guiar a essa congregação no caminho de Deus; ele é o responsável. E as pessoas dessa igreja devem estar sujeitas a esse pastor, a esse ministério, porque ele é quem vai dar conta por você perante Deus.

“Agora recordarão isto? O inimigo virá, e quando o fizer, aproximem-se o máximo possível um do outro.”

Quando virem a uma pessoa que o inimigo esteja usando para criticar, para acusar, falar mal dos irmãos ou do pastor, o que vão fazer? Pois, unirem-se (os irmãos) uns aos outros para orar, para estarem mais perto uns dos outros, para que o inimigo não possa usar a essa pessoa. E nem lhe prestar atenção, nem lhe dizer: “És bem-vindo para que fale tudo isso que quer falar.” Não! Mantê-lo na linha: “Aqui entre nós não podes vir falar mal dos irmãos, nem do pastor, nem de nenhum ministro. Esse veneno é teu, portanto, não o queremos entre nós.”

É como o veneno das serpentes venenosas: se deixar que esse veneno se movimente, terá picado você, e o envenenará; vai envenenar a alma, a mente, o espírito; e então o levará à morte espiritual; o apartará de Cristo. E apartar-se de Cristo é morte espiritual.

“E aquele ao qual o diabo está usando como inimigo se apartará de vocês ou entrará para ser um de vocês."

Ou se ajusta ou vai embora. Isso é tudo. 

0.0
Última Modificação: segunda 09 novembro 2020 12:08
william soto santiago

Sem comentários ainda...

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado, fique tranquilo.